Noticias

Festa da Divina Misericórdia: qual a sua origem e conteúdo?

Festa da Divina Misericórdia: qual a sua origem e conteúdo?

Noticias
No segundo Domingo da Páscoa, a Igreja celebra a Festa da Divina Misericórdia. São João Paulo II soube valorizar a experiência mística de Santa Faustina Kowalska. Aliás, a Igreja tem sempre a graça de contar com pessoas que se deixam raptar pela grandeza do amor de Deus, para anunciá-lo aos outros. Continua muito válido recorrer aos místicos, cuja percepção dos mistérios vai além dos pobres raciocínios humanos. Escreve Santa Faustina: “Ó meu Jesus, vós sabeis que desde os meus mais tenros anos eu desejava tornar-me uma grande santa, isto é, desejava amar-vos com um amor tão grande com que até então nenhuma alma vos tinha amado” (Diário1372). Sabemos que o Senhor a escolheu para uma missão especial. Depois de passar pela “noite escura” das provações físicas, morais e espirituais, a partir
Catequese: saiba o que é a Oitava de Páscoa

Catequese: saiba o que é a Oitava de Páscoa

Noticias
No domingo de Ressurreição começa os cinquenta dias do tempo pascal e termina com a Solenidade de Pentecostes. A Oitava de Páscoa é a primeira semana destes cinquenta dias; é considerada como se fosse um só dia, ou seja, o júbilo do Domingo de Páscoa é prolongado durante oito dias. As leituras evangélicas estão centralizadas nos relatos das aparições de Cristo Ressuscitado e nas experiências que os apóstolos tiveram com Ele. Neste tempo litúrgico, a primeira leitura, normalmente tirada do Antigo Testamento, é trocada por uma leitura dos Atos dos Apóstolos. O segundo Domingo de Páscoa também é chamado Domingo da Divina Misericórdia, segundo a disposição de São João Paulo II durante seu pontificado, depois da canonização da sua compatriota Faustina Kowalska. O decreto foi emitido no di
A Missa do Crisma na Quinta-feira Santa

A Missa do Crisma na Quinta-feira Santa

Noticias
A Liturgia chama essa Celebração de “Missa do Crisma”, porque nela o bispo, com o seu presbitério, consagra o óleo do Crisma, além de benzer os óleos dos Catecúmenos e dos Enfermos.Neste dia, também, e nesta circunstância a Sé ou Igreja – Mãe da Diocese – aparece como fonte próxima de toda a vida sacramental, da totalidade das paróquias e da totalidade dos fiéis, pelo fato de acontecer a renovação dos votos sacerdotais do bispo e do seu presbitério. E, por isso, essa “Missa do Crisma” é ocasião e motivo para sublinhar o sentido da Igreja como comunidade orgânica e hierárquica. Recordamos o dia em que Nosso Senhor, em Nazaré e num Sábado, se levantou para ler a Escritura, no Livro do Profeta Isaías, que diz: “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque Ele me ungiu para anunciar a boa no
O Tríduo Pascal. Saiba mais sobre ele.

O Tríduo Pascal. Saiba mais sobre ele.

Noticias
O espírito quaresmal nos encaminha para a Semana Santa, que precede a Páscoa. Na segunda, terça e quarta-feira da Semana Santa, a Igreja prepara-se para o Tríduo Pascal, contemplando o Servo sofredor. Nesse período, aparecem como figuras eloquentes, Maria, a Mãe de Jesus, Maria Madalena, que perfuma o corpo do Senhor, Pedro e Judas. Na liturgia romana o Tríduo Pascal é ponto culminante: "não se trata de um tríduo preparatório para a festa da Páscoa, mas são três dias de Cristo crucificado, morto e ressuscitado. Tem início na celebração da Ceia do Senhor, na Quinta-feira Santa, na missa vespertina, terminando com o domingo de Páscoa". São dias dedicados a celebrações e orações especiais. Na Quinta-feira Santa comemoramos a última Ceia da páscoa hebraica que Jesus fez com os 12 após
A Semana Santa passo a passo

A Semana Santa passo a passo

Noticias
A Semana Santa é o grande retiro espiritual das comunidades eclesiais, convidando os cristãos à conversão e renovação de vida. Ela se inicia com o Domingo de Ramos e se estende até o Domingo da Páscoa. É a semana mais importante do ano litúrgico, quando se celebram de modo especial os mistérios da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. DOMINGO DE RAMOS - A celebração desse dia lembra a entrada de Jesus em Jerusalém, aonde vai para completar sua missão, que culminará com a morte na cruz. Os evangelhos relatam que muitas pessoas homenagearam a Jesus, estendendo mantos pelo chão e aclamando-o com ramos de árvores. Por isso hoje os fiéis carregam ramos, recordando o acontecimento. Imitando o gesto do povo em Jerusalém, querem exprimir que Jesus é o único mestre e Senhor. 2ª A 4ª F
Quarto Domingo da Quaresma: por que a cor rósea?

Quarto Domingo da Quaresma: por que a cor rósea?

Noticias
Vamos entender um pouco sobre o significado de Domingo Laetare e Domingo Gaudete. Bem, primeiro é bom dizer que ambas as palavras “Laetare e Gaudete” são de origem latina e significam basicamente a mesma coisa, ou seja, significam “Alegria”. É como se disséssemos na Língua Portuguesa “Alegra-te e Rejubila-te” que querem dizer a mesma coisa sendo uma palavra sinônima da outra. Outra semelhança entre Domingo Laetare e Domingo Gaudete é que ambos se referem a um termo tradicional dado ao penúltimo domingo da Quaresma e do Advento, que popularmente é conhecido como o Domingo da Alegria. Este domingo consiste em uma pausa prevista dentro do rito litúrgico, para lembrar que a Alegria está chegando, ou seja, uma grande festa está por vir. É importante entendermos que no Ciclo do Natal e n
Eis o tempo!

Eis o tempo!

Noticias
O vocábulo ‘converter’, etimologicamente, significa verter os olhos para um mesmo ponto, no caso, verter os olhos para o seu próprio interior, revisando sua vida em relação à Palavra de Deus. Para tal exame é indispensável ter o olhar lançado em duas direções: para si mesmo, a fim de reconhecer suas falhas, e para Deus, com objetivo de re-contemplar seu projeto e visualizar sempre de novo a sua misericórdia. A pessoa humana está sempre sujeita a defeitos, a erros e ao pecado e terá necessidade de estar em contínua atitude de conversão. Nada a deve desanimar, nem mesmo as grandes faltas que por acaso tenha cometido, pois delas pode se arrepender, converter-se e obter de Deus o perdão. Vejamos o que o Senhor nos diz: No mundo tereis provações; mas tende coragem, eu venci o mundo (Jo. 16,3
Catequese na Reitoria tem nova coordenação colegiada

Catequese na Reitoria tem nova coordenação colegiada

Noticias
A partir deste ano, atendendo a uma necessidade e pedido da Comissão Diocesana de Catequese, a coordenação da Catequese na Reitoria passa a ser colegiada, com três membros representantes das áreas infantil, juvenil e adulta. A nova coordenação foi eleita no último dia 5 de janeiro, quando aconteceu a Assembleia geral de Catequese, contando com a presença do Reitor Pe. Edson Rodrigues. Fazem parte da nova coordenação colegiada: Lucicleide de Fátima Menezes - Catequese Infantil Maria do Socorro Ventura - Catequese Juvenil Vandeilma Benício de Barros - Catequese de Adultos A nova coordenação, agora eleita, será confirmada perante a comunidade quando da posse do novo Conselho de Pastoral no próximo mês de fevereiro.
Pastoral do Batismo divulga datas de celebração e formação dos pais para 2019

Pastoral do Batismo divulga datas de celebração e formação dos pais para 2019

Noticias
A Pastoral do Batismo da Reitoria divulgou no último final de semana o calendário para celebrações de Batismo, bem como da preparação dos pais e padrinhos ao longo de 2019. Preparação dos Pais e Padrinhos Celebração do Batismo 9 de março 10 de março 6 de abril 21 de abril 4 de maio 12 de maio 1 de junho 9 de junho 6 de julho 14 de julho 3 de agosto 11 de agosto 14 de setembro 22 de setembro 5 de outubro 13 de outubro 9 de novembro 17 de novembro 14 de dezembro 8 de dezembro 21 de dezembro 23 de dezembro * A PREPARAÇÃO DOS PAIS E PADRINHOS acontece sempre às 19h30, no Centro Pastoral (por trás da igreja) * O BATISMO será sempre às 9h30.